Blog do Osmar Pires

Espaço de discussão sobre questões do (ou da falta do) desenvolvimento sustentável da sociedade brasileira e goiana, em particular. O foco é para abordagens embasadas no "triple bottom line" (economia, sociologia e ecologia), de maneira que se busque a multilateralidade dos aspectos envolvidos.

My Photo
Name:
Location: Goiânia, Goiás, Brazil

É doutor em Ciências Ambientais, mestre em Ecologia, bacharel em Direito, Biologia e Agronomia. É escritor, membro titular da cadeira 29 (patrono: Attílio Corrêa Lima)da Academia Goianiense de Letras (AGnL). É autor dos livros: A verdadeira história do Vaca Brava e outras não menos verídicas.Goiânia: Kelps/UCG,2008. 524 p.; Arborização Urbana & Qualidade de Vida. Goiânia: Kelps/UCG, 2007.312 p.; Perícia Ambiental e Assistência Técnica. 2. ed. Goiânia: Kelps/PUC-GO, 2010. 440 p.; Introdução aos Sistemas de Gestão Ambiental: teoria e prática. Goiânia: Kelps/UCG, 2005. 244 p.; Conversão de Multas Ambientais. Goiânia: Kelps, 2005, 150 p.; e, Uma cidade ecologicamente correta. goiânia: AB, 1996. 224 p. É coautor da obra: TOCHETTO, D. (Org.). Perícia Ambiental Criminal. 3. ed. Campinas, SP: Millennium, 2014. 520 p. Foi Secretário do Meio Ambiente de Goiânia (1993-96); Perito Ambiental do Ministério Público/GO (97-03); e, Presidente da Agência Goiana do Meio Ambiente (2003-06). Recebeu da Academia Goiana de Letras o troféu Goyazes Nelly A.de Almeida no gênero Ensaio em 2007 e da União Brasileira de Escritores/GO o troféu Tiokô de Ecologia.

Saturday, February 14, 2015

A REDE DA MÁFIA CRIMINOSA LESA-PÁTRIA!

Osmar Pires Martins Júnior

A Rede Globo é uma empresa concessionária de serviço público de comunicação social, que é regulada pelo art. 5º , XXXII, e arts. 220 a 224 da Constituição Federal.
A Lei 8.078/90 - CDC, nos arts. 30 a 38, estabelece os limites da propaganda e da publicidade enganosa, abusiva, simulada e a consequente regulação.
O CDC diz com todas as letras: "é crime a utilização de veículo de comunicação a propaganda disfarçada, que divulga apelos ou informações falsas, que omite ou que induz o cidadão a erro de julgamento, que discrimina, que incita, que gera medo e a superstição, dentre outros efeitos negativos".
Tal prática se enquadra como abuso de direito e prática abusiva, causadores de dano a terceiro ou às pessoas indeterminadas da sociedade (art. 39 a 44 do CDC).
Por isso, a União, que é o poder concedente do serviço de comunicação, tem instrumentos constitucionais e legais para coibir tais práticas abusivas.
Uma das medidas legais é a contra publicidade ou contrapropaganda para desdizer o que foi dito na publicidade ou propaganda abusiva.
O Poder Executivo Federal, através da Presidência da República, da AGU, dos Ministérios da Justiça ou das Comunicações, infelizmente, tem sido conivente com as práticas abusivas do monopólio da comunicação privada.
A empresa monopolista GLOBO é a mais enganosa, tendenciosa e abusiva.
De forma reiterada, mente, omite, engana, ilude, desinforma, omite à população brasileira fatos fundamentais da vida do país.
O império Global infunde no subconsciente e no consciente nacional um sentimento de inferioridade, o chamado complexo de vira-latas, que atua como um veneno injetado no organismo do cidadão consumidor de um bem essencial, a notícia.
Só que que tal notícia é manipulada como uma droga, a mais mortal de todas as que geram dependência química, anestesia a consciência, gera ódio, ressentimento e prejulgamento. 
O exemplo mais recente é a mentira que a GLOBO acaba de veicular: 
- "20 DE MARÇO DE 2011: 11 MORTOS EM ACIDENTE COM A PLATAFORMA P-36".
A notícia é criminosa; é mais um acinte contra o Brasil e os brasileiros. 
A plataforma P-36 da Petrobras, então a maior do mundo, afundou durante o governo FHC (PSDB).
O prejuízo ocorreu em pleno escândalo dos leilões de privatização das empresas estatais, comandadas pelo então ministro José Serra (PSDB).
A Petrobras estava na lista das privatizações do governo tucano, que fez "estudo de mercado e a rebatizou para Petrobrax, visando torná-la mais atrativa ao capital estrangeiro". 
O afundamento da P-36 contribuiu para desvalorizar o patrimônio da estatal, com objetivo de vendê-lo a preço de banana para as multinacionais EXXON, SHELL ou TEXACO.
A GLOBO segue a mesma linha editorial de prestação de serviço antinacional.
Ao noticiar as prisões dos bandidos que roubam a Petrobras, pelo governo Lula e Dilma, do PT, o império da comunicação do capital monopolista e financeiro internacional subverte, mente, inventa, distorce, omite fatos e notícias.
O objetivo é sempre no sentido de prejudicar todo e qualquer governo trabalhista, ligado aos interesses nacionais e da população.
A GLOBO integra uma máfia criminosa lesa-pátria!
Ás 18h50 da última quarta-feira (11/02/2015), a Globo News mostrava uma reportagem sobre explosão, afundamento e mortes da plataforma P36 da Petrobras como fosse no governo Dilma Rousseff (PT) e não no de Fernando Henrique Cardoso (PSDB), em 2001

Confira o artigo sobre a matéria da GloboNews no Portal Metrópole: http://www.portalmetropole.com/2015/02/globo-em-plena-programacao-diz-que-p36.html#ixzz3RkmLJmIH

0 Comments:

Post a Comment

<< Home