Blog do Osmar Pires

Espaço de discussão sobre questões do (ou da falta do) desenvolvimento sustentável da sociedade brasileira e goiana, em particular. O foco é para abordagens embasadas no "triple bottom line" (economia, sociologia e ecologia), de maneira que se busque a multilateralidade dos aspectos envolvidos.

My Photo
Name:
Location: Goiânia, Goiás, Brazil

É doutor em Ciências Ambientais, mestre em Ecologia, bacharel em Direito, Biologia e Agronomia. É escritor, membro titular da cadeira 29 (patrono: Attílio Corrêa Lima)da Academia Goianiense de Letras (AGnL). É autor dos livros: A verdadeira história do Vaca Brava e outras não menos verídicas.Goiânia: Kelps/UCG,2008. 524 p.; Arborização Urbana & Qualidade de Vida. Goiânia: Kelps/UCG, 2007.312 p.; Perícia Ambiental e Assistência Técnica. 2. ed. Goiânia: Kelps/PUC-GO, 2010. 440 p.; Introdução aos Sistemas de Gestão Ambiental: teoria e prática. Goiânia: Kelps/UCG, 2005. 244 p.; Conversão de Multas Ambientais. Goiânia: Kelps, 2005, 150 p.; e, Uma cidade ecologicamente correta. goiânia: AB, 1996. 224 p. É coautor da obra: TOCHETTO, D. (Org.). Perícia Ambiental Criminal. 3. ed. Campinas, SP: Millennium, 2014. 520 p. Foi Secretário do Meio Ambiente de Goiânia (1993-96); Perito Ambiental do Ministério Público/GO (97-03); e, Presidente da Agência Goiana do Meio Ambiente (2003-06). Recebeu da Academia Goiana de Letras o troféu Goyazes Nelly A.de Almeida no gênero Ensaio em 2007 e da União Brasileira de Escritores/GO o troféu Tiokô de Ecologia.

Monday, October 27, 2014

OS DESAFIOS IMEDIATOS PARA AS MUDANÇAS!

Osmar Pires Martins Júnior*

O "Mau Dia", ops Bom Dia Brasil da GLOBO de hoje (27/10/2014) veiculou um mapa do nosso país como sendo o resultado da eleição no 2º turno presidencial, que reelegeu Dilma Rousseff da coligação PT-PMDB.


Na opinião esclerosada, preconceituosa e racista da emissora, o mapa do Brasil que ela diz resultar da eleição, reflete uma "maior ou menor dependência do Estado" (sic!).

Em outras palavras, a emissora detentora da liderança de audiência no País prega que "as regiões mais atrasadas (e eleitores idem) votaram em Dilma, e as mais desenvolvidas (e eleitores inteligentes) votaram na oposição ao PT".

Este tipo de raciocínio não científico tem contribuído para a disseminação de manifestações de ódio aos eleitores e, por extensão, aos brasileiros, residentes nas regiões do norte e do nordeste.

Os meios de comunicação monopolizados, portanto, contribuem para disseminar e propagar os crimes da discriminação e do preconceito, proibidos pelos art. 3º, inciso IV e art. 5º, caput, bem como a prática do crime de racismo, vedado pelo art. 5º, inciso XLII, todos da Constituição Federal do Brasil (CF).



Na verdade, como demonstra Thomas Victor Conti no mapa acima, a realidade que emerge das urnas é de um BRASIL MULTIFACETADO, onde o Estado joga papel em todas as regiões, como prevê o art. 170 da CF. 


Este país multicolorido, diverso, não permite visões separatistas, segregacionistas e preconceituosas contra os brasileiros do norte ou do nordeste, pois os eleitores dos partidos e candidatos que concorreram na última eleição presidencial estão espalhados por todos os rincões do Brasil.

Assim, a diversidade ideológica e política reflete uma situação social complexa que permite colorir o país de maneira a tornar impossível qualquer ideia separatista, como apregoado criminosamente pela direita radical, liderada por Bolsonaro, Telhada, Francischini, e muita gente iludida pelo discurso demagógico destes setores.

O país não está separado entre as pessoas que dependem mais e as que dependem menos do poder público. Em todo o País, e não só nas Regiões do Norte e Nordeste, ou nos estados do Rio de Janeiro ou em Minas Gerais, onde ‪#‎Dilma‬ foi VENCEDORA, o Poder Público Federal junto com as demais esferas, joga papel estratégico.

O Estado é fundamental em São Paulo para preservação de bacias de abastecimento público para assegurar um serviço básico e permanente; é decisivo no Paraná ou em Goiás para estimular a agroindústria visando a produção de alimentos mais limpos e baratos. Joga peso na pacificação e urbanização dos morros do Rio ou nos ambientes dominados pelo crack em qualquer metrópole. É decisivo em Curitiba no controle dos 'desastres naturais' provocados pelas enchentes, assim como no combate à fome, ao crime organizado, à desigualdade social e regional de qualquer lugar deste país.

Ao negar esta obviedade, o que se vê nas redes sociais, refletindo as opiniões criminosas da grande mídia, é a tendência à continuidade da campanha preconceituosa, discriminatória contra o PT, Lula e Dilma Rousseff, que representam os anseios da maioria da população brasileira, demonstrados no quarto mandato seguido para a presidir o País. 


Pode-se esperar, diante da continuidade desse cenário, mais golpes e atentados terroristas contra as autoridades legitimadas deste País, jogando cortinas de fumaça que desviam o foco do governo, obrigando-o a gastar tempo com calúnias, difamações e injúrias. 


Para o País avançar nas mudanças defendidas pela Presidenta Reeleita - Reforma Política, Combate à corrupção e à impunidade, Mais crescimento com emprego e salário, Mais educação inovadora com tecnologia e ciência, Mais serviços públicos de qualidade - é imperativo instituir meios de comunicação democráticos, além das medidas específicas necessárias.


Por isso, o desafio imediato é REGULAMENTAR OS ARTIGOS 220 A 224 DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL!

____
*Osmar Pires Martins Júnior é escrito da Academia Goianiense de Letras, doutor em C. Ambientais, mestre em Ecologia, biólogo, engenheiro agrônomo e bacharelando em Direito.

0 Comments:

Post a Comment

<< Home