Blog do Osmar Pires

Espaço de discussão sobre questões do (ou da falta do) desenvolvimento sustentável da sociedade brasileira e goiana, em particular. O foco é para abordagens embasadas no "triple bottom line" (economia, sociologia e ecologia), de maneira que se busque a multilateralidade dos aspectos envolvidos.

My Photo
Name:
Location: Goiânia, Goiás, Brazil

É doutor em Ciências Ambientais, mestre em Ecologia, bacharel em Direito, Biologia e Agronomia. É escritor, membro titular da cadeira 29 (patrono: Attílio Corrêa Lima)da Academia Goianiense de Letras (AGnL). É autor dos livros: A verdadeira história do Vaca Brava e outras não menos verídicas.Goiânia: Kelps/UCG,2008. 524 p.; Arborização Urbana & Qualidade de Vida. Goiânia: Kelps/UCG, 2007.312 p.; Perícia Ambiental e Assistência Técnica. 2. ed. Goiânia: Kelps/PUC-GO, 2010. 440 p.; Introdução aos Sistemas de Gestão Ambiental: teoria e prática. Goiânia: Kelps/UCG, 2005. 244 p.; Conversão de Multas Ambientais. Goiânia: Kelps, 2005, 150 p.; e, Uma cidade ecologicamente correta. goiânia: AB, 1996. 224 p. É coautor da obra: TOCHETTO, D. (Org.). Perícia Ambiental Criminal. 3. ed. Campinas, SP: Millennium, 2014. 520 p. Foi Secretário do Meio Ambiente de Goiânia (1993-96); Perito Ambiental do Ministério Público/GO (97-03); e, Presidente da Agência Goiana do Meio Ambiente (2003-06). Recebeu da Academia Goiana de Letras o troféu Goyazes Nelly A.de Almeida no gênero Ensaio em 2007 e da União Brasileira de Escritores/GO o troféu Tiokô de Ecologia.

Wednesday, August 31, 2016

GOLPE CONSUMADO CONTRA PRESIDENTA HONESTA PARA ALCANÇAR OBJETIVOS DE RAPINA!

Osmar Pires Martins Júnior
Bacharel em Direito, Agronomia e Biologia
Doutor em C. Ambientais e Mestre em Ecologia

O Senado condenou hoje, dia 31 de agosto de 2016, 14:30, a primeira mulher a ocupar o cargo máximo da República Federativa do Brasil, Dilma Rousseff, pelo crime de responsabilidade, previsto no art. 52, I, parágrafo único, da Constituição Federal.
O Senado declarou a perda do mandato da Presidente da República, pelo placar de
 61 votos a favor e 20 contra dos 81 senadores presentes.
No entanto, ato contínuo, na mesma sessão, o Senado absolveu Dilma, por 42 votos a favor, 36 contra e 3 abstenções, da pena de perda dos direitos políticos, mantendo a habilitação da ex-presidente para o exercício das funções públicas.
O quorum para aprovação da perda do cargo e dos direitos políticos é de dois terços ou 54 votos dos 81 senadores votantes. Portanto, o quorum qualificado foi atingido somente na primeira votação.
Na segunda votação, o Senado surpreendeu o mundo ao não cassar os direitos políticos da presidenta deposta. 
HONESTIDADE COMPROVADA
O Senado declarou a honestidade de Dilma à frente dos cargos públicos que ocupou, durante oitos anos como ministra de Minas e Energia e ministra da Casa Civil na histórica gestão do Presidente Lula (2003 a 2010) e durante os seis anos como primeira mulher Presidenta da República Federativa do Brasil (2011 a 2016).
A ex-presidenta Dilma é uma pessoa honesta - não se enriqueceu no cargo, não se apropriou de bens e dinheiro público, não tem contas secretas no exterior, não é delatada na Lava Jato que investiga escândalo de corrupção na Petrobras, não responde a nenhum processo criminal ou de improbidade administrativa.
OBJETIVOS DO GOVERNO GOLPISTA
A histórica votação do Senado evidenciou às claras os objetivos do governo dos golpistas: i) afastar uma presidenta honesta; ii) proteger golpistas corruptos delatados na Lava Jato, retornando a regra da impunidade que sempre existiu no Brasil, do seu descobrimento até 2003; iii) acabar com os órgãos de controle da corrupção, desmantelando operações como a Lava Jato; iv) conquistar o poder sem o voto do povo pela via da eleição indireta no Senado; v) impor uma política social e econômica que jamais teria apoio do povo pelo voto direto.
DESMONTE DO ESTADO DE BEM-ESTAR SOCIAL
O governo golpista vai impor uma política econômica entreguista - privatizar o Pre Sal, a Petrobras, o Banco do Brasil, a Caixa, as Universidades Federais, as Escolas Técnicas e todas as estatais possíveis a preço de banana para poderosos e multinacionais grupos privados.
O governo golpista vai impor uma política social e trabalhista de destruição dos direitos - reforma da CLT, aposentadoria, extinção do Minha Casa Minha Vida, PROUNI, FIES etc.

ABAIXO A DITADURA
As liberdades de manifestação, opinião, expressão e organização estão seriamente ameaçadas, pois um programa antinacional e antipopular de tal envergadura provocará reações. E elas vieram de imediato, logo após a consumação do golpe. Acesse o link e veja o registro do portal UOL:
Diante delas, o governo golpista jogará o Polícia Militar, a Polícia Civil e a estrutura repressiva de controle da sociedade para impor sua vontade antidemocrática.
"Eles conseguiram relativo sucesso na imprensa estrangeira e passaram a ideia de que no Brasil houve um golpe. Golpista é você! Agora não vamos levar ofensa para casa. É preciso firmeza" (golpista Temer na primeira reunião ministerial, logo após a consumação do golpe, em 31.08.2016, 17 h)


0 Comments:

Post a Comment

<< Home